Como reativar CNPJ? Entenda em que momento é possível fazer isso

É possível reativar um CNPJ que esteja inapto ou suspenso. A partir do momento que ele constar como baixado ou nulo não há mais solucão.

[Como reativar CNPJ? Entenda em que momento é possível fazer isso]
Como reativar CNPJ? Entenda em que momento é possível fazer isso

Esse é um tema muito procurado. É muito comum quem tem empresa se ver nessa situação de não saber como, em que situação nem se é possível reativar um CNPJ. De antemão, vale dizer que não é possível reativar um CNPJ depois que ele já foi baixado, ou seja, encerrado. Mas até isso acontecer, o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas passa por diversas etapas e nestes momentos é possível regularizar e recorrer para não perder sua empresa.

Bom, se quer saber mais sobre este tema, fique de olho neste post. Vamos te explicar até quando é possível e como reativar um CNPJ. Afinal, tudo depende do status em que ele se encontra. Continue lendo para entender mais.

O que é CNPJ?

Antes de tudo, é sempre bom esclarecer o que é CNPJ. Essa sigla é a abreviação de Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas. Basicamente, é o número que identifica sua empresa perante a Receita Federal, assim como o CPF funciona para as pessoas físicas.

Assim como as pessoas físicas precisam manter o CPF regular para não serem impedidos de abrir contas bancárias, adquirir cartões de crédito, alugar um imóvel, conseguir um empréstimo, entre outras situações, a pessoa jurídica também deve manter-se regularizada.

O que acontece com um CNPJ irregular?

Existem diversos motivos que podem levar um CNPJ e ter irregularidades. Alguns exemplos são: inadimplência no pagamento de impostos, omissão de declarações contábeis e financeiras entre outras questões. Essas irregularidades podem impedir a empresa de emitir notas fiscais, conseguir empréstimo bancário, participar de licitações e muitas outras consequências.

Nesses casos em que a Receita Federal encontra alguma irregularidade, é enviado um comunicado para que a empresa resolva a situação e, de acordo com as ações da empresa a partir deste comunicado, a Receita determina qual é a situação cadastral da empresa. Ou seja, o status do negócio. É a partir desta definição que você define se é possível ou não reativar o CNPJ.

Tipos de situações cadastrais empresariais

De acordo com a situação cadastral é identificado se a empresa possui ou não débitos com a Receita Federal e qual é o tipo de irregularidade.

O CNPJ pode apresentar os seguintes tipos de situações:

  • Ativo: situação regular, nenhuma pendência identificada.
  • Inapto: empresas que deixaram de apresentar declarações, demonstrativos contábeis e obrigações acessórias.
  • Nulo: em casos de atribuição de um número de inscrição municipal ou estadual para o mesmo estabelecimento. Essa inconformidade de dados pode trazer suspeita de fraude.
  • Suspenso: isso acontece quando não é identificado o pagamento da contribuição mensal de impostos.
  • Baixado: essa é a situação de empresas que deixaram de existir. Que foram canceladas.

Quando e como é possível reativar um CNPJ?

Primeiro vale a pena ressaltar que para quem está com o CNPJ suspenso ou inapto, é possível regularizar e ativar novamente. Porém, a partir do momento que é informado que está baixado ou está nulo, não se torna mais possível reativar o CNPJ.

Após a verificação de qual situação cadastral o seu CNPJ se encontra, para reativar o CNPJ é necessário regularizar as pendências. Logo, o primeiro passo é procurar o auxílio de um contador para fazer o levantamento de pendências e identificar quais foram as declarações ou impostos que deixaram de ser entregues.

Além disso, é preciso identificar as respectivas multas geradas e realizar o pagamento dessas pendências. Depois, realize o agendamento para ter atendimento em uma unidade da Receita Federal e compareça com toda documentação em mãos.

Como consultar a situação cadastral do meu CNPJ?

Para consultar a situação do seu CNPJ cliquei aqui e seja direcionado ao próprio site da Receita Federal. Basta colocar o número do seu CNPJ e procurar a opção “situação cadastral”, que fica no final da página.

Se constar como ativa, não existem pendências para ser regularizadas, mas, caso contrário, você deverá solicitar o atendimento na Receita Federal.

Posso reativar o MEI cancelado?

Praticamente as regras são as mesmas para o MEI, Microempresário Individual. No cenário em que o CNPJ tenha sido oficialmente cancelado/baixado, não é possível reativar. Mas, caso esteja apenas suspenso por irregularidades, é possível reverter.

Os motivos que podem levar um MEI a ser cancelado são diversos. Dentre eles estão: vínculo com outro CNPJ, atividade que não é permitida no regime e, principalmente, ultrapassar o limite de faturamento permitido.

Também existem os motivos que causam a suspensão da empresa MEI, que podemos citar como exemplo a ausência da entrega da declaração anual (DANS-SIMEI).

Como regularizar o MEI para reativar CNPJ?

A regularização é simples, pois tudo pode ser feito diretamente pelo portal do empreendedor. Inclusive, lá é possível visualizar as guias mensais não pagas (DAS) e gerar novos boletos para pagamento. Aliás, da mesma forma que funciona para ME e EPP, é possível solicitar o parcelamento dos débitos em até 60 vezes dos débitos em aberto.

É de suma importância que o contribuinte entenda que, por mais tranquila que seja a regularização, vale a pena se atentar e evitar o risco de ter o CNPJ cancelado ou suspenso, pois pode trazer grandes prejuízos. Além de impedir a emissão de notas fiscais, em casos de cancelamento o contribuinte perde o direito aos benefícios da previdência social.

E se eu não quiser mais reativar o CNPJ?

É muito importante saber que mesmo sem interesse em voltar ao negócio, a empresa ainda precisa resolver todas as pendências junto à Receita. Caso contrário, o débito irá para o CPF vinculado.

Você ainda possui alguma dúvida?

Entre contato atráves da página Contato ou pelas Redes Sociais: Facebook, Instagram, Linkedin e Whatsapp.

Você gostou da matéria? Deixe sua avaliação e também compartilhe nas Redes Sociais.

Não deixe de acessar nosso Blog, sempre trazemos novidades pra você!

Gostou do post? Comenta aí!


[Envie seu Orçamento pelo WhatsApp]
Envie seu Orçamento pelo WhatsApp